Empreendedorismo (2)

Publicado em 20 agosto 2013

10 comentários

Em outubro do ano passado abordei a questão do empreendedorismo e a sua importância como ingrediente estratégico na dinamização da nossa economia e na busca de patamares mais elevados de tecnologia para o país. Mais do que nunca precisamos disso. Por isso volto a esse tema, focando outros aspectos que julgo relevantes nessa conjuntura econômica desfavorável que estamos enfrentando.


O Instituto Empreender Endeavor, organização internacional de estímulo ao empreendedorismo e que vem atuando no Brasil desde 2000, onde já ajudou a criar mais de dez mil postos de trabalho com características especialmente sustentáveis, tem centrado o seu foco na viabilização de empresas de alto impacto. Segundo o conceito do Instituto, as empresas de alto impacto caracterizam-se pela busca incessante da inovação (tecnológica, gerencial, nos produtos, etc.) e pelo ritmo acelerado de desenvolvimento e crescimento. Os estudos do Instituto Endeavor, calibrados pela observação de sua própria rede de iniciativas empresariais apoiadas, mostram que as empresas de alto impacto são capazes de gerar até cem vezes mais postos de trabalho do que as empresas convencionais, em um mesmo período de tempo. E, o mais importante, os postos de trabalho criados nas empresas de alto impacto costumam ser menos voláteis e muito melhor remunerados do que os existentes nas demais empresas. Não fossem todos os demais benefícios do espírito empreendedor, essas últimas características bastariam para justificar um esforço especial de apoio ao surgimento e à consolidação, na nossa economia, de um número crescente de empresas de alto impacto.


Os conceitos abordados resumida e simplificadamente no parágrafo anterior ganham mais importância ainda quando examinados em cotejo com as informações divulgadas pelo IBPT – Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, segundo as quais existem atualmente no Brasil pouco mais de onze milhões e meio de empresas privadas, sendo que apenas cerca de 33 mil delas podem ser classificadas como de alto impacto pelo nível de inovação e crescimento, sendo a maioria surgida no âmbito de redes semelhantes à apoiada pelo Instituto Endeavor ou de outras iniciativas de estímulo ao empreendedorismo.


Para acelerarmos o surgimento de um número maior de empresas de alto impacto, temos que estar conscientizados, antes de tudo, de que o nosso país apresenta um ambiente econômico, político, jurídico e organizacional ainda muito hostil ao empreendedorismo. Em uma lista mais simplificada, merecem ser lembrados: o excesso de burocracia e regulamentação, a elevada carga tributária, a dificuldade de crédito, a carência de investimentos em inovação e pesquisa científica, a presença disseminada de forte preconceito antiempresarial no meio acadêmico, os pesados encargos sobre os salários, as deficiências de infraestrutura e do sistema educacional e a falta de estímulo governamental para as pequenas iniciativas. É esse o ambiente que teríamos que desembaraçar rapidamente, se pretendemos aproveitar as vantagens desse perfil especial de atividade. O resto correria por conta do próprio espírito empreendedor, com o qual o Brasil conta em quantidade.

  • COMPARTILHE:

10 comentários para "Empreendedorismo (2)"

Lucíola Barbosa G Mattos
Lucíola Barbosa G Mattos disse: 20 agosto 2013
Acredito que o empreendedorismo deve ser mais difundido em nossa pais. Os conceitos e idéias facinantes relacionados a esse assunto devem categoricamente fixadas na mente dos empresários e governantes de forma que possam viabilizar formas de maior e mellhor crescimento em nosso pais.
Alex Flavio
Alex Flavio disse: 21 agosto 2013
ola bom dia,Rubens Menin concordo com tudo que passa mais como é difícil mostrar o que podemos fazer se não á oportunidade, falo isso pelo fato de até mesmo ter uma empresa de instalações elétricas e pelo fato de ser nova no mercado mais com profissionais competentes e quer mostrar o melhor e essa oportunidade ser tão difícil de conseguir já até ofereci meus serviços a construtora MRV onde mesmo estou comprando em um dos empreendimento e não tive essa oportunidade e espero que com isso que estou te passando possa vim a dar mais oportunidades as micro empresas porque para saber se é competente tem que dar oportunidade desde já muito grato pelo o que posta em seu Blog sempre estou olhando e tem coisas que estimula a eu não querer desistir abraços fica com Deus .
José de Souza (Rabelo) Araujo
José de Souza (Rabelo) Araujo disse: 21 agosto 2013
PARABÉNS AO RUBENS MENIN UM HOMEM TRABALHADOR QUE FAZ ESTE BRASIL CRESCER ,DEUS ABENÇOE QUE ELE TENHA CADA DIA PROFISSIONAL COMO ELE FAZENDO O MELHOR EM PRO DESTE POVO ,AS LUTAS CONTINUA AS OBRAS E O DESAFIOS,FELICIDADES A ESTE EMPREENDEDOR MINEIRO.
Jose de Souza Rabelo Araujo
Jose de Souza Rabelo Araujo disse: 21 agosto 2013
PARABÉNS AO RUBENS MENIN UM HOMEM TRABALHADOR QUE FAZ ESTE BRASIL CRESCER ,DEUS ABENÇOE QUE ELE TENHA CADA DIA PROFISSIONAL COMO ELE FAZENDO O MELHOR EM PRO DESTE POVO ,AS LUTAS CONTINUA AS OBRAS E O DESAFIOS,FELICIDADES A ESTE EMPREENDEDOR MINEIRO.
Jose Souza Rabelo Araujo
Jose Souza Rabelo Araujo disse: 21 agosto 2013
PARABÉNS AO RUBENS MENIN UM HOMEM TRABALHADOR QUE FAZ ESTE BRASIL CRESCER ,DEUS ABENÇOE QUE ELE TENHA CADA DIA PROFISSIONAL COMO ELE FAZENDO O MELHOR EM PRO DESTE POVO ,AS LUTAS CONTINUA AS OBRAS E O DESAFIOS,FELICIDADES A ESTE EMPREENDEDOR MINEIRO.
Rabelo
Rabelo disse: 21 agosto 2013
PARABÉNS AO RUBENS MENIN UM HOMEM TRABALHADOR QUE FAZ ESTE BRASIL CRESCER ,DEUS ABENÇOE QUE ELE TENHA CADA DIA PROFISSIONAL COMO ELE FAZENDO O MELHOR EM PRO DESTE POVO ,AS LUTAS CONTINUA AS OBRAS E O DESAFIOS,FELICIDADES A ESTE EMPREENDEDOR MINEIRO.
Lindomar
Lindomar disse: 26 agosto 2013
Ola bon dia Rubens eu sou pintor e quero uma chance de trabalhar como autõnomo ou Empreiteiro com vcs da mrv tenho experiencia em pinturas imobiliarias e tambem tenho uma equipe que trabalha comigo pintores pedreiros e eletricista,meus serviços são Grafiatos,texturas, massa corrida,patinas,compressor,e outros .na construção civil, e alvenarias,Rebocos,acabamentos, ceramicos
Lindomar pintor
Lindomar pintor disse: 26 agosto 2013
Ola bon dia Rubens eu sou pintor e quero uma chance de trabalhar como autõnomo ou Empreiteiro com vcs da mrv tenho experiencia em pinturas imobiliarias e tambem tenho uma equipe que trabalha comigo pintores pedreiros e eletricista,meus serviços são Grafiatos,texturas, massa corrida,patinas,compressor,e outros .na construção civil, e alvenarias,Rebocos,acabamentos, ceramicos
Felipe
Felipe disse: 23 setembro 2013
Olá Rubens, qual seria sua dica para jovens empreendedores que estão iniciando agora? Estou nessa situação, e seria muito bom ouvir as dicas de quem já passou, venceu e chegou no topo do empreendedorismo!
adalberto silva de faria
adalberto silva de faria disse: 15 janeiro 2015
preciso de uma oportunidade para mostrar meu trabalho

Deixe uma resposta O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Renda Per Capita Líquida

Publicado em 08 março 2017

O IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – órgão vinculado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão – acaba de divulgar os resultados principais das contas nacionais do exercício de 2016, quais sejam, o PIB – Produto Nacional Bruto e seus derivados diretos. O PIB, na realidade, corresponde à soma de todas as riquezas produzidas dentro do território nacional (desconsiderados os recebimentos recebidos do e as remessas enviadas para o exterior). Essa variável inclui...
Leia mais »

2017 vem aí!

Publicado em 29 dezembro 2016

3 comentários

É fácil aferir o sentimento dos brasileiros acerca do ano que está terminando. À medida que se aproxima o dia da virada de exercício, as manifestações, íntimas ou públicas, da grande maioria dos nossos patrícios só variam na forma ou no adjetivo de qualificação, mas, em geral, quase todas convergem para uma constatação fortemente depreciativa: vai-se embora um ano que não deixa saudades! De fato, foi um ano em que vivemos turbulências políticas e desastres econômicos sucessivos, que acabaram...
Leia mais »

Excesso de Justiça Não é Coisa Boa

Publicado em 31 agosto 2016

1 comentários

Existe uma enorme diferença entre uma sociedade estruturada com base em relações justas entre os cidadãos, com a observância geral dos direitos e sem a prepotência imposta pelos mais fortes, e outra em que os mecanismos de Estado utilizados para garantir essas mesmas relações justas e isonômicas são excessivamente exigidos, apresentam-se permanentemente congestionados e funcionam com intensidade além das expectativas razoáveis. Na primeira hipótese, temos uma situação equilibrada e saudável,...
Leia mais »

Juros Altos: Como Enfrentar Esse Inimigo

Publicado em 25 maio 2016

Antes de 1994, quando a URV (Unidade Real de Valor) foi substituída definitivamente pelo Real (a nova moeda que circula até hoje), a inflação era, de longe, o maior inimigo dos brasileiros e de nossa economia. De fato, àquela altura (junho de 1994), a inflação mensal era de 47,43% e a inflação anual alcançava o inacreditável patamar de 4.922%. Ou seja, o preço de todos os bens ou serviços subia quase 50% em um único mês, entre dois recebimentos consecutivos do mesmo salário!  Essa balbúrdia...
Leia mais »

Mazelas da Indústria

Publicado em 13 abril 2016

2 comentários

Os diversos fatores (internos e externos) que concorreram para debilitar a economia brasileira no momento atual combinam-se de maneira diferenciada em sua ação deletéria pelos diversos setores e segmentos. Por isso, algumas atividades acusaram mais rapidamente os seus efeitos. Também por isso, outros segmentos foram afetados mais fortemente. No presente tópico, quero destacar especificamente o comportamento do setor industrial nessa época de crise e alinhavar algumas das características...
Leia mais »