Seu Apartamento Ideal - Preço

Publicado em 29 outubro 2013

4 comentários

O preço final de compra de um imóvel é a própria síntese do negócio, pois já embute os principais fatores que abordei nos tópicos antecedentes (localização, tamanho e acabamento). Mas, nem sempre esse preço retrata com fidelidade aqueles fatores que interferem no custo de edificação do imóvel. Há preços melhores e piores para produtos semelhantes, dependendo de uma porção de coisas secundárias, como a densidade de construções (concorrência) em um mesmo bairro, do maior ou menor grau de capitalização da incorporadora ou da eficiência do método construtivo e de gestão da construtora, por exemplo. Enfim, há negócios bons, regulares e ruins, mesmo em um mercado em constante expansão como o imobiliário. Tudo depende, mais uma vez, das escolhas e opções feitas pelos potenciais compradores, observando não só os três fatores principais já mencionados como outras peculiaridades da situação e do negócio.


Em primeiro lugar, há que se ter bom senso. Para a grande maioria das pessoas, o apartamento que estará sendo comprado representará o seu item patrimonial mais importante e valioso. Só isso, já seria o bastante para que os compradores potenciais examinassem criteriosamente as opções de negócio, tendo sempre em mente que, em geral, eles precisam comprar o apartamento que podem pagar e não aquele com que sonharam. A compra do imóvel (principalmente para casa própria) tem que ser uma fonte de alegria e satisfação e não uma sucessão de aflições e problemas futuros para o comprador e sua família. E essas situações ruins ocorrem, quase sempre, quando a compra excede o limite máximo que o comprador deveria fixar para o gasto com o imóvel, sempre que ele ou sua família se deixam seduzir por padrões ou vantagens superiores às previstas (localização, tamanho e acabamento).


Em segundo lugar, há que se considerar a forma de pagamento da compra. A maior parte dos imóveis vendidos no Brasil é paga através de financiamentos bancários que existem em várias modalidades e com distintos custos. Um comprador potencial que se encaixa nessa classe deve buscar o modelo de financiamento que melhor se ajuste ao seu momento de vida. Um casal jovem, que certamente terá renda crescente nos próximos anos, por exemplo, pode optar pela Tabela Price. Já aquele casal maduro cujos rendimentos não devem se elevar tanto ou que, até podem diminuir com a proximidade da aposentadoria, também por exemplo, pode optar pelo modelo SAC, cujas prestações diminuem com o passar do tempo. Nessas e em outras situações, sempre é bom contar com a ajuda especializada de um consultor de venda que pode oferecer e analisar diferentes modelos de financiamento e opções de negócios.


Existem, também, expectativas muito diferenciadas quanto ao tempo em que cada potencial comprador usufruirá de seu apartamento. Muitos sabem que o imóvel escolhido será a sua residência por um prazo longo. Por seu lado, muitos outros escolhem um apartamento para um determinado estágio da vida e pretendem evoluir de padrão (localização, tamanho e acabamento) após alguns anos de desfrute. Nesse último caso, a escolha inicial deve ser fortemente ponderada pelo padrão arquitetônico dos imóveis e pelo tipo de acabamento, considerando, especialmente, a existência de itens que sustentarão um preço maior de revenda (mais vagas de garagem, paisagismo sofisticado, elevadores bem dimensionados, localização em bairros de grande demanda, ser um condomínio fechado e possuir os equipamentos de lazer, entretenimento e segurança de acordo com a tendência atualizada, etc.)


Há uma questão final nesse breve resumo, que também merece ser considerada: a situação financeira e patrimonial do imóvel, agora e no futuro. Um bom negócio começa com o aproveitamento dos melhores preços. As pessoas, e mesmo alguns analistas especializados, tendem a generalizar a consideração de que o mercado imobiliário nacional está supervalorizado e de que todos os nossos imóveis estão muito caros. Isso não corresponde à realidade. Nos últimos 30 anos, os aumentos de preço dos imóveis foram maiores nas faixas de luxo ou alto luxo, apresentando encarecimento real (descontada a inflação) de até 100% conforme a cidade ou região. Esse fenômeno extremo foi muito influenciado pelas novas e mais caras concepções arquitetônicas utilizadas nessa faixa e pela valorização dos terrenos onde este tipo de imóvel é construído. No mesmo período (últimos 30 anos) os apartamentos de padrão médio apresentaram uma valorização real da ordem de 20% (descontada a inflação). Nos imóveis populares ou da faixa econômica, não houve qualquer valorização real nos últimos 30 anos na maioria das grandes cidades brasileiras. Portanto, a escolha do padrão deve ser vista por esse prisma. Sempre que a opção recair sobre um imóvel de faixas mais distantes do padrão luxo ou alto luxo, melhor será o negócio para os compradores potenciais, que aproveitarão, de imediato, um preço específico menor e estável numa tendência de longo prazo.

  • COMPARTILHE:

4 comentários para "Seu Apartamento Ideal - Preço"

Fragomeni Negócios Imobiliários
Fragomeni Negócios Imobiliários disse: 04 novembro 2013
Realmente, tem que levar em conta todos os lados do negócio para posteriormente não haver problemas.
Imóveis em Atibaia
Imóveis em Atibaia disse: 05 novembro 2013
Uma dica que recomendo é sempre consultar várias fontes antes de fechar um negócio:\n\nAnúncios de um mesmo são publicados em vários sites e com preços diferentes:\n\nExemplo: Se buscar por Imóvel em "CidadeXXX" poderá acontecer de você encontrar vários anúncios e com vários diferentes preços para um mesmo imóvel.\n\nÉ importante então sempre analisar com calma e buscar características do imóvel para tentar detectar este problema.\n\nAssim você economizará e isso é bom, não é mesmo?
Jurandyr
Jurandyr disse: 06 novembro 2013
Na compra de imóvel deve-se levar em conta diversos fatores e fazer uma análise criteriosa, caso contrário haverá muito tempo para se arrepender!
Deildo Couto
Deildo Couto disse: 25 maio 2014
Na verdade eu sugiro que confie suas duvidas ao consultor imobiliário de sua confiança.
seja sincero;pergunte tudo que queira saber;explique todas suas condições;certamente o consultor lhe dirá a verdade sobre o preço final do imóvel.
O bom mesmo é quando o consultor tem várias opções e conta com detalhes dos desejos e anseios do cliente,uma situação casa-se perfeitamente,resultando em uma consultoria mais acertada para as duas partes;com a concretização de uma compra e investimento bem feito .

Deixe uma resposta O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Melhoria nas Cidades

Publicado em 07 julho 2015

11 comentários

A nossa Construtora, MRV Engenharia, construiu e entregou a moradia de 260 mil famílias, desde a sua fundação, há 35 anos. Considerando que o tamanho familiar médio dos nossos clientes é de aproximadamente três pessoas por família, podemos garantir, com orgulho, que um a cada 250 brasileiros mora em um imóvel construído pela MRV. Mas, como perseguimos, obstinadamente, o objetivo de nos constituirmos em uma empresa perene e sustentável, fizemos mais do que simplesmente entregar moradias bem...
Leia mais »

Porque a Construção continua desempregando

Publicado em 31 março 2015

7 comentários

De acordo com o CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, nos últimos cinco meses com dados já disponíveis (outubro de 2014 a fevereiro de 2015), o Setor da Construção Civil registrou um saldo negativo de 250 mil postos de trabalho. Em outros termos, nesse período e em todo o país as demissões excederam as admissões em cerca de 10% da força de trabalho contratada anteriormente. É o maior índice de desemprego entre todos os setores da...
Leia mais »

2014, um ano vitorioso

Publicado em 23 dezembro 2014

7 comentários

Tenho feito, a cada final de ano, uma avaliação resumida sobre o desempenho da nossa Construtora (MRV Engenharia) durante o exercício. Procuro, nessas ocasiões, dividir com os nossos clientes, acionistas, colaboradores, fornecedores e parceiros, informações sobre os eventuais sucessos e fracassos, preocupações e alegrias, previsões e realizações, usando, sempre que possível, uma linguagem de simples compreensão e imagens comparativas. Vou manter a tradição, mais uma vez.Apesar das dificuldades...
Leia mais »

Um setor em constante mudança

Publicado em 18 novembro 2014

2 comentários

18/11: A evolução tecnológica nem sempre tem sido bem compreendida, principalmente entre nós. É muito repetida a queixa de que a rápida automação de processos, a mecanização de tarefas e o uso intensivo dos recursos de informática estariam engolindo postos de trabalho ou comprometendo a empregabilidade. Essa é uma visão imprecisa de quem não enxerga o verdadeiro alcance do progresso e seu impacto positivo na renda e na qualidade de vida de todas as pessoas. Na prática, qualquer país, setor...
Leia mais »

Cidades Médias

Publicado em 11 novembro 2014

6 comentários

A nossa Construtora, MRV Engenharia, vem concentrando parcelas cada vez maiores de suas atividades nas assim chamadas "Cidades de Porte Médio" ou, simplesmente "Cidades Médias". O acompanhamento local e direto desse processo, iniciado há cerca de duas décadas, acabou por favorecer-me com uma visão privilegiada acerca da natureza, intensidade, continuidade no tempo, abrangência territorial e demais características do movimento natural que alcançou a maioria dos municípios com essa tipificação....
Leia mais »