economia

Renda Per Capita Líquida

Publicado em 08 março 2017

O IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – órgão vinculado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão – acaba de divulgar os resultados principais das contas nacionais do exercício de 2016, quais sejam, o PIB – Produto Nacional Bruto e seus derivados diretos. O PIB, na realidade, corresponde à soma de todas as riquezas produzidas dentro do território nacional (desconsiderados os recebimentos recebidos do e as remessas enviadas para o exterior). Essa variável inclui todos os salários, rendas, soldos, benefícios previdenciários ou sociais, juros, dividendos, ganhos de capital e as demais formas com que os brasileiros e as empresas aqui instaladas recebem anualmente pelo seu trabalho, pelo rendimento de seus ativos ou pelos programas oficiais de distribuição de vantagens e proveitos. No ano passado, esse montante alcançou R$ 6,3 trilhões. Este não foi apenas um resultado decepcionante, foi a materialização do péssimo desempenho da economia nacional no ano passado, representando um recuo de 3,6% em relação ao resultado de 2015 que, por sua vez, já havia sido muito baixo também.
Leia mais »

2017 vem aí!

Publicado em 29 dezembro 2016

3 comentários

É fácil aferir o sentimento dos brasileiros acerca do ano que está terminando. À medida que se aproxima o dia da virada de exercício, as manifestações, íntimas ou públicas, da grande maioria dos nossos patrícios só variam na forma ou no adjetivo de qualificação, mas, em geral, quase todas convergem para uma constatação fortemente depreciativa: vai-se embora um ano que não deixa saudades! De fato, foi um ano em que vivemos turbulências políticas e desastres econômicos sucessivos, que acabaram...
Leia mais »

Excesso de Justiça Não é Coisa Boa

Publicado em 31 agosto 2016

1 comentários

Existe uma enorme diferença entre uma sociedade estruturada com base em relações justas entre os cidadãos, com a observância geral dos direitos e sem a prepotência imposta pelos mais fortes, e outra em que os mecanismos de Estado utilizados para garantir essas mesmas relações justas e isonômicas são excessivamente exigidos, apresentam-se permanentemente congestionados e funcionam com intensidade além das expectativas razoáveis. Na primeira hipótese, temos uma situação equilibrada e saudável,...
Leia mais »

Juros Altos: Como Enfrentar Esse Inimigo

Publicado em 25 maio 2016

Antes de 1994, quando a URV (Unidade Real de Valor) foi substituída definitivamente pelo Real (a nova moeda que circula até hoje), a inflação era, de longe, o maior inimigo dos brasileiros e de nossa economia. De fato, àquela altura (junho de 1994), a inflação mensal era de 47,43% e a inflação anual alcançava o inacreditável patamar de 4.922%. Ou seja, o preço de todos os bens ou serviços subia quase 50% em um único mês, entre dois recebimentos consecutivos do mesmo salário!  Essa balbúrdia...
Leia mais »

Mazelas da Indústria

Publicado em 13 abril 2016

2 comentários

Os diversos fatores (internos e externos) que concorreram para debilitar a economia brasileira no momento atual combinam-se de maneira diferenciada em sua ação deletéria pelos diversos setores e segmentos. Por isso, algumas atividades acusaram mais rapidamente os seus efeitos. Também por isso, outros segmentos foram afetados mais fortemente. No presente tópico, quero destacar especificamente o comportamento do setor industrial nessa época de crise e alinhavar algumas das características...
Leia mais »

Ambiente Empresarial

Publicado em 19 fevereiro 2016

14 comentários

Na economia, como na natureza, quase todos os processos e atividades – em maior ou menor grau, dependendo de sua espécie e complexidade – podem ser considerados como a resposta dos respectivos sistemas ao ambiente em que eles ocorrem. Em geral, existe uma regra básica que costuma ser aceita sem controvérsia: ambientes bons (saudáveis, equilibrados, sustentáveis ou racionais) são exigências obrigatórias para que os processos produzam bons resultados, incluindo, tanto aqueles de características...
Leia mais »

Quanto nos custam os paraísos fiscais

Publicado em 14 outubro 2015

2 comentários

Embora os economistas façam uma distinção conceitual entre capital, trabalho, terra, recursos naturais, meios ou fatores de produção, capital humano, capital intelectual, capital financeiro e muitas outras variáveis sociológicas ou econômicas, para os efeitos práticos da abordagem simplificada que pretendo esboçar neste tópico, vou adotar definições mais resumidas e mais genéricas para todas elas.Com esse propósito, podemos aceitar o entendimento de que todos os fatores econômicos (terra, força...
Leia mais »

A Física, a Inércia e a Economia

Publicado em 14 julho 2015

8 comentários

A crise político-econômica nacional virou o assunto do dia e vem sendo comentada ou discutida por um número cada vez maior de brasileiros. Essas abordagens são muito variadas e costumam externar as preferências ideológicas de cada pessoa, o maior ou menor nível de conhecimento desses mesmos interlocutores e, até, o grau de esperança ou otimismo com que vêem o futuro. Mas, alguns modelos simples podem ajudar na organização das idéias e na objetividade do raciocínio. Como engenheiro, recorro com...
Leia mais »

A Evolução Tecnológica e a Produtividade

Publicado em 17 junho 2015

A maioria dos brasileiros foi apanhada, de surpresa, pela degringolada econômica e seus efeitos perversos na renda das famílias e no bem-estar geral da sociedade. Talvez por isso mesmo, muitos se viram obrigados a dedicar maior interesse nas questões econômicas e nos fenômenos que deram origem às suas próprias dificuldades e temores. Alguns termos do economês passaram a ser de uso freqüente e começaram a ser mais bem compreendidos – ou pelo menos citados habitualmente – por aqueles já...
Leia mais »

Sobre o Endividamento das Famílias

Publicado em 10 junho 2015

3 comentários

Nunca as famílias brasileiras endividaram-se tanto e tão rapidamente quanto nos últimos anos. Essa tendência tem sido medida de forma objetiva por vários estudos, entre os quais se destaca a "Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor – PEIC", executada mensalmente pela CNC – Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, com abrangência nacional. Os resultados da PEIC do último mês de maio apontam, sinteticamente, que 62,4% das famílias brasileiras estão...
Leia mais »