pib

Renda Per Capita Líquida

Publicado em 08 março 2017

O IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – órgão vinculado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão – acaba de divulgar os resultados principais das contas nacionais do exercício de 2016, quais sejam, o PIB – Produto Nacional Bruto e seus derivados diretos. O PIB, na realidade, corresponde à soma de todas as riquezas produzidas dentro do território nacional (desconsiderados os recebimentos recebidos do e as remessas enviadas para o exterior). Essa variável inclui todos os salários, rendas, soldos, benefícios previdenciários ou sociais, juros, dividendos, ganhos de capital e as demais formas com que os brasileiros e as empresas aqui instaladas recebem anualmente pelo seu trabalho, pelo rendimento de seus ativos ou pelos programas oficiais de distribuição de vantagens e proveitos. No ano passado, esse montante alcançou R$ 6,3 trilhões. Este não foi apenas um resultado decepcionante, foi a materialização do péssimo desempenho da economia nacional no ano passado, representando um recuo de 3,6% em relação ao resultado de 2015 que, por sua vez, já havia sido muito baixo também.
Leia mais »

Ambiente Empresarial

Publicado em 19 fevereiro 2016

14 comentários

Na economia, como na natureza, quase todos os processos e atividades – em maior ou menor grau, dependendo de sua espécie e complexidade – podem ser considerados como a resposta dos respectivos sistemas ao ambiente em que eles ocorrem. Em geral, existe uma regra básica que costuma ser aceita sem controvérsia: ambientes bons (saudáveis, equilibrados, sustentáveis ou racionais) são exigências obrigatórias para que os processos produzam bons resultados, incluindo, tanto aqueles de características...
Leia mais »

Brasil, o triturador de empresas

Publicado em 10 fevereiro 2016

11 comentários

No último mês de dezembro foram criados 200 mil postos de trabalho nos EUA. No mesmo período foram extintas 150 mil vagas de emprego no Brasil. Por que isso aconteceu? – As causas são muitas e variadas, mas, a grande maioria delas resulta de opções equivocadas ou ineficientes que foram tomadas por aqui, tanto na área política como na econômica. Quem perdeu com isso? – Enganam-se aqueles que acreditam que perderam apenas as empresas e seus donos ou acionistas. Perderam os brasileiros. Perderam...
Leia mais »

O Déficit Fiscal e o Velho Ditado

Publicado em 04 fevereiro 2016

5 comentários

O "Velho Ditado" a que me refiro no título deste tópico é aquele que ensina: quem não mede não gerencia – que pode ser expresso, também, na forma: para melhor gerenciar é preciso medir bem. Sempre atribuí enorme importância aos instrumentos e métodos para medir ou conhecer a realidade que está sendo objeto de qualquer gestão. Tanto que já tive oportunidade de abordar essa questão, neste blog, em duas ocasiões distintas: em setembro de 2013 e em outubro de 2014.Nesta semana, a abertura de mais...
Leia mais »

Como Afastar a Raposa do Galinheiro?

Publicado em 22 dezembro 2015

8 comentários

Ao contrário do que muita gente pensa, o futebol é o esporte mais popular do mundo, ou seja, é aquele com maior número de adeptos, praticantes e aficionados em todo o globo. Essa popularidade extravasou dos continentes originais, Europa e América do Sul, e passou a alcançar multidões na África e na Ásia, já ombreando com outras modalidades esportivas até mesmo nos EUA. Estima-se que, hoje em dia, o futebol movimente recursos financeiros da ordem de U$ 250 bilhões por ano, com as suas promoções,...
Leia mais »

A Gestão Eficiente do Estado

Publicado em 02 dezembro 2015

9 comentários

Muitos aspectos da presente crise se misturam como parte do imbricado conjunto que a gerou, tanto os de caráter estritamente econômico, como os de natureza política. Uns acabam potencializando os outros. Todavia, apesar disso, acho que é possível identificar o déficit público como o mais importante e danoso causador da crise atual. Sem maiores rodeios, isso que dizer, exatamente, que, há bastante tempo, o Estado nacional (em seus diversos níveis, poderes e instâncias) vem gastando mais do que...
Leia mais »

Criação de Emprego e Produtividade

Publicado em 07 abril 2015

6 comentários

O ritmo de crescimento da economia de qualquer país impacta e é impactado pela geração de emprego nessa mesma economia. As duas variáveis guardam uma relação causal recíproca e interagem com alguma defasagem (geralmente pequena). Sempre que aumenta o estoque de postos de trabalho ocupados, costuma ocorrer, em seguida, o crescimento do PIB – Produto Interno Bruto, ou seja, de todas as riquezas produzidas no país (salários, lucros, rendas, etc.), mantidas constantes as demais variáveis. No...
Leia mais »

Porque a Construção continua desempregando

Publicado em 31 março 2015

7 comentários

De acordo com o CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, nos últimos cinco meses com dados já disponíveis (outubro de 2014 a fevereiro de 2015), o Setor da Construção Civil registrou um saldo negativo de 250 mil postos de trabalho. Em outros termos, nesse período e em todo o país as demissões excederam as admissões em cerca de 10% da força de trabalho contratada anteriormente. É o maior índice de desemprego entre todos os setores da...
Leia mais »

Como interpretar o IBOVESPA em 50 mil pontos?

Publicado em 12 março 2015

Comparar indicadores econômicos e, principalmente, o desempenho de bolsas de valores em países distintos é uma tarefa difícil e, quase sempre, costuma gerar interpretações equivocadas ou que não se sustentam com o passar do tempo. Mas, em termos de grandes tendências, e apenas para tentar entender o que está ocorrendo no mercado acionário nacional, merece ser encarado esse desafio de interpretação e de comparação, na forma resumida do presente tópico.Em favor da simplificação, vou considerar a...
Leia mais »

Turnover X Capacitação

Publicado em 10 dezembro 2014

1 comentários

Incluí no título deste tópico uma palavra emprestada diretamente do inglês (turnover) porque ela já é de uso corrente no Brasil e expressa com mais fidelidade o conceito de gestão que vinha sendo descrito com a expressão "rotatividade de mão de obra" existente em português. Para o interesse específico deste assunto, devemos fazer uma distinção: rotatividade (medida geralmente como a razão entre a média de demitidos e admitidos em um período de tempo e o estoque de trabalhadores existentes ao...
Leia mais »